Um Plano De Dieta Específica Para a Perda De Peso Em Mulheres

Perda_De_PesoNos dias de hoje não é difícil ouvirmos que a fulana de tal perdeu 14 quilos fazendo a dieta X ou que a vizinha da sua melhor amiga perdeu 30 quilos fazendo a dieta Y. Mas afinal, o que é uma dieta?

Uma dieta é um plano alimentar que serve para nos guiar na busca da saúde e, especialmente, do tão desejado corpo definido.

Quando pensamos em dieta sempre nos vem à mente refeições repletas de muita alface, rúcula, tomate e pouco (ou quase nenhum) tempero.

Porém, as dietas deveriam ser vistas como uma forma para promover a perda de peso, de forma saudável e na qual o paciente sinta-se bem durante a sua rotina de hábitos saudáveis, conquistando suas metas de forma progressiva e contínua.

Muitas mulheres atualmente buscam dietas onde há uma privação grande de grupos alimentares ou ainda, limita-se as porções a um tamanho muito pequeno. Isso muitas vezes dificulta a eficiência da dieta, pois faz com que a pessoa se sinta propensa a sentir falta de algumas comidas e achar que esse tipo determinado de dieta é difícil de seguir.

Nutricionistas e profissionais da área da saúde procuram orientar as mulheres a seguirem dietas que façam com que elas alterem gradualmente os seus cardápios, mudando os tipos e quantidades de alimentos ingeridos de forma que a adaptação do organismo seja mais eficaz e duradoura.

Contudo, essa é uma regra para todas as mulheres?

Muitos profissionais dizem que a dieta ideal é aquela que leva em conta os gostos da pessoa, incluindo uma gama grande de variedades de alimentos, com as calorias e nutrientes específicos para um determinado paciente, procurando realizar a mudança do cardápio de forma lenta, buscando cada vez mais a progressão para grupos de alimentos mais saudáveis e funcionais.

Porém, muitas mulheres ainda costumam pensar que regime bom é regime de impacto para o organismo. Dessa forma, podemos encontrar com muita facilidade em revistas, sites e aplicativos, dezenas de dietas altamente privativas em se falando de variedade de alimentos dentro dos cardápios. Algumas dessas dietas mais conhecidas:

Dieta de South Beach, Dieta da Proteína, Dieta da Sopa, Dieta Depurativa, dentre outras.

A questão que todos devemos pensar ao escolher uma dieta é sempre pensar sobre a dieta que mais combina com você. Isso parece simples, mas muitas vezes as pessoas fazem diversos tipos de dieta durante a vida toda até encontrar uma que mais se adeque ao estilo e momento de vida.

como_emagrecerNão é porque a sua vizinha disse que emagreceu 3 quilos em uma semana apenas tomando sopas é que você deve fazer o mesmo.

O organismo dela pode ser diferente do seu e se adaptar muito melhor à ingestão de alimentos líquidos, realizando também uma grande quantidade de queima calórica, fazendo-a emagrecer de uma forma aparentemente fácil (Mais dicas mais tarde em www.Comecaraemagrecer.com sobre como fazer isso).

Entretanto, devemos nos recordar que para emagrecer com saúde não existe milagres.

Existe, sim, muita força de vontade e perseverança.

Muitas vezes vemos a “grama verde do vizinho” e ficamos com o sentimento de inveja e vontade de ter uma “grama” igual no nosso “jardim”, mas as pessoas não se lembram que toda noite, quando ele retornava cansado do trabalho, ele saía molhar a grama, colocar fertilizantes e cuidar com muito amor do seu jardim.

Dessa forma, temos que pensar e ter atitude de que a sua graminha verde só vai crescer forte e com sucesso se você zelar por ela diariamente. Então, a pergunta é: qual é a melhor forma para emagrecer? Vamos, no decorrer desse artigo, descrever um tipo de dieta que durante muitos e muitos anos, tem sido uma das mais conhecidas entre as mulheres de todas as idades, a famosa Dieta da USP.

Cardápio da Dieta da USP:

A dieta da USP é baseada em proteínas e gorduras e poucos carboidratos. A seleção de alimentos é limitada e não devem ser feitas substituições dos alimentos.

Cardápio:

1º Dia

  • Café da Manhã: Café preto sem açúcar. Tente tomar sem adoçante.
  • Almoço: 2 ovos cozidos, ervas aromáticas a gosto.
  • Jantar: Salada de alface com pepino e salsão à vontade.

2º Dia

  • Manhã: Café com bolacha de água e sal.
  • Almoço: 1 bife grande com salada de frutas à gosto.
  • Jantar: Presunto à vontade.

3º Dia

  • Manhã: Café com bolacha de água e sal.
  • Almoço: 2 ovos cozidos, salada de vagem e 2 torradas.
  • Jantar: Presunto e salada temperada com azeite de oliva.

4º Dia

  • Manhã: Café com bolacha de água e sal.
  • Almoço: um ovo cozido, uma cenoura e queijo minas à vontade.
  • Jantar: Salada de frutas e iogurte natural.

5º Dia

  • Manhã: Cenoura crua espremida com limão e café sem açúcar.
  • Almoço: Frango grelhado à vontade.
  • Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura.

6º Dia

  • Manhã: Café sem açúcar com bolacha de água e sal.
  • Almoço: Filé de peixe com tomate à vontade.
  • Jantar: Dois ovos cozidos com cenoura.

7º Dia

  • Manhã: Café sem açúcar.
  • Almoço: Bife grelhado e frutas à vontade.
  • Jantar: Comer o que quiser, menos doces e bebidas alcoólicas.

Observações:

  1. Depois de completada a primeira semana, comece novamente desde o primeiro dia ao sétimo dia.
  2. Ervas permitidas: agrião, chicória, alface, tomate.
  3. Pode beber água, café e chá o dia inteiro.
  4. Não deve trocar os alimentos e nem substituí-los de horário.
  5. Quando acabar a dieta, é importante ter uma alimentação mais saudável do que antes. Se continuar com os seus hábitos antigos, vai engordar novamente.

Sempre relembrando que a dieta descrita acima oferece resultados para quem a fizer de forma regrada e com precisão. Ainda assim, depois de finalizar o ciclo da dieta, é necessário que você procure ter hábitos alimentares saudáveis, além de combiná-los a exercícios físicos regulares.

Caso contrário, você voltará ao seu peso anterior com muita rapidez.

Caso seja necessário, sempre procure ajuda especializada do seu médico ou nutricionista de confiança. Certamente eles serão seus companheiros nos momentos de dúvidas ou orientação específica para o seu tipo de organismo.